Os propósitos Divino

Os propósitos Divino.

 

           No dia 5 de março de 2011, sofri um acidente de moto, no qual tive que passar quinze dias sem colocar o pé no chão e para me locomover dentro de casa precisei da ajuda de muletas.

      Durante esse período, Deus ministrava ao meu coração sobre um versículo muito conhecido por nós, no qual Apóstolo Paulo fala aos Romanos em que diz: “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito”. Primeiramente, para que algo que pareça ruim torne-se bom, é necessário amar a Deus, é necessário ser chamado por Ele, é necessário ser obediente a esse chamado, é necessário ser este propósito.

          Por ser um versículo tão conhecido, pensei logo em todos os sofrimentos acontecidos pelo apóstolo, no qual com segurança pôde afirmar estas palavras. Na questão de seus naufrágios, que um deles veio a ser uma fuga e tornou-se oportunidade de pregar aos Maltas. Suas penúrias e prisões, contexto em que suas epístolas foram escritas, foi o momento em que ele não podia pregar, então escreveu ou ditou as epístolas às igrejas, e hoje as temos em nossas mãos. Vemos o propósito de Deus se cumprindo nas adversidades de Paulo.

             Fiquei curioso com a palavra “Propósito”, procurei saber no original da escritura e descobri que no grego seria “prothesis” no qual pro, “antes”, e thesis, “um lugar” portanto “preparar algo para colocar em um lugar” . Talvez esteja cometendo um erro de exegese, porém achei muito parecido com a palavra “Prótese”, talvez porque durante 17 dias meus pés foram duas muletas de alumínio que alguém me emprestou.

           Pensei muito no fato de uma prótese ser um material que é adaptado para ocupar um lugar no qual não deveria estar, porem estar lá para um trabalho especifico! Como uma porcelana, que de repente vai para na boca de alguém que já não tem dentes, ou uma madeira que foi esculpida para servir de perna a quem não as tem ou um ferro ou aluminho que é fabricada para a mesma função, note que nenhum desses matérias deveriam estar ali porem alguém fabricou para um trabalho específico, fazer falar, fazer andar alguém.

             Em um continente aonde a cultura é totalmente diferente da minha, a língua é outra barreira, a comida o clima, fico a pensar como Deus no moldou com uma “prótese” deveríamos estar em nossa zona de confortos juntos como os nossos, falando nossa língua e nossa comida usando nossas roupar, entretanto Deus Nos moldou para estar onde não deveríamos ao olhos naturais estar, para fazer andar um povo que anda longe do caminho (Jr 42:3 Pv 8:20 , Jo14:16 Atos 14: 16 -17)

         O importante é saber que em todas as coisas, Deus tem um propósito maior do que nossa mente pode assimilar, quanto era criança, jamais poderia pensar com a mente de meu pai, e eu o achava muito malvado quando ele me obrigava a tomas injeções quando não estava nada doente, não fazia nenhum sentido e para mim aquilo, era pura maldade, ele me dizia que era para evitar doenças graves no futuro, entretanto eu estava saudável e não iria jamais pegar tão doenças.

           Hoje sei, que toda aquela ‘imensa dor da picada da agulha’ me fez ser um homem saudável e com boa imunidade, sei que existem pessoas que passam problemas terríveis , hoje não temos a capacidade de entender (Jo 16.12) mas haverá um dia em que tudo será revelado e veremos como valeu a pena e Ele enxugara a ultima lágrima (Ap21:4) e não haverá mais qualquer tipo de dor.

Que Deus nos abençoe!
Marvyo Darley

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: