Onde os pássaros se banham

 

SAMSUNG DIGIMAX A503

Onde os pássaros se banham.

 

‘‘Tu, que fazes sair as fontes nos vales, as quais correm entre os montes… Junto delas as aves do céu terão a sua habitação, cantando entre os ramos… Faz crescer a erva para o gado, e a verdura para o serviço do homem, para fazer sair da terra o pão, …Onde as aves se aninham…Os altos montes são para as cabras monteses, e os rochedos são refúgio para os coelhos. Ordenas a escuridão, e faz-se noite, na qual saem todos os animais da selva. Nasce o sol e logo se acolhem…Então sai o homem à sua obra e ao seu trabalho, até à tarde…  Ó SENHOR, quão variadas são as tuas obras! Todas as coisas fizeste com sabedoria; cheia está a terra das tuas riquezas. A glória do SENHOR durará para sempre; o SENHOR se alegrará nas suas obras.’’

(Salmos Cap.104 Verss. 10,12,14,17-19,22-24,31)

 

Bourofaye, lugar onde os pássaros se banham, é essa a origem do nome do vilarejo onde residimos por três anos. Bourofaye está em meio a uma floresta, um lugar bonito, de muito verde, de uma rica diversidade da flora e da fauna. É dos campos alagadiços que as famílias diolas extraem seu arroz de cada dia. O imenso campo de plantação de arroz situado em frente a nossa casa enriquece a paisagem e revela a cada crepúsculo um dos mais lugares lindos para se contemplar o pôr-do-sol.

SAM_0109

Em meio a tanta beleza natural vive o povo diola, etnia majoritária da região de Casamance, sul do Senegal. Um povo acolhedor, sorridente, gentil, que carrega na veia um ritmo de festividade. Os diolas cantam e dançam em batizados, casamentos, enquanto trabalham sob um sol causticante e até em velórios. Eles preservam a cultura e principalmente suas tradições místicas. É uma das etnias que dá uma enorme vazão ao mundo espiritual em suas cerimônias do “Bois sacré”, uma árvore sagrada no meio da floresta onde os espíritos são invocados e cultuados.

Bourofaye, além de sua beleza natural e de ser habitado por um povo festivo, carrega consigo a marca da dor. Este pequeno vilarejo foi e tem sido palco de muita destruição. Enquanto os pássaros se banhavam, famílias foram destruídas pela escravidão. Depois de algum tempo uma luta feroz pela emancipação de Casamance tirou a paz da região e então o estrondo das bombas e os barulhos das armas já não permitiam que os pássaros se banhassem. O cenário daquele pacato vilarejo começa a mudar, muitos se foram abandonando o pouco que possuíam e o cenário de tristeza pela destruição ficou.

 Chegamos ao Senegal em 2009 em meio a esse caos, enquanto muitos saíam, nós chegamos e permanecemos por três anos. Durante esse tempo conhecemos bem mais do que a capa de um povo que ri, conhecemos almas marcadas pela dor da perda de seus entes queridos, conhecemos um povo que cultua a espíritos por medo, conhecemos a pior escravidão; passar a vida inteira sem conhecer o Deus que liberta pelo amor.

Além do choque que tivemos por estar em meio a tudo diferente, o povo, o lugar, a comida, a língua e os costumes, nosso maior desafio sempre foi compartilhar o amor do Pai a muçulmanos. Enquanto nossas lágrimas silenciosamente caíam por tão grande desafio, Deus nos desafia a viver o evangelho de Cristo. E foi então que quando as palavras não podiam ser pronunciadas, nossas atitudes gritavam anunciando que há um Deus que ama. Quantos milagres nós vimos naquele lugar! Como vale a pena se gastar na obra do mestre!

Hoje nos sentimos parte de Bourofaye e o que mais nos cativa são as pessoas que aprendemos a amar, crianças que outrora desassistidas agora recebem educação e alimentação. Retornamos ao Senegal em Abril de 2013 levando conosco saudades da nossa pátria, da nossa gente, do nosso jeito de ser, mas prosseguiremos o trabalho de continuar arando aquela terra que o Senhor nos deu por herança. Doamos nossas vidas para anunciar a um Deus que cura a alma ferida, que perdoa o pecado do perdido, que ama incondicionalmente e que é o Príncipe da verdadeira paz.

Miss. Priscila Alencar

 

Uma resposta

  1. Priscilaaaaaaaaaaaaa… Estou morrendo de saudades de vcs..!! Meu coração grita e chora ao ler, ver e ouvir vcs..!! Todos os dias oro por vcs e pelo projeto… Estarei indo pregar em umas Igrejas e estarei levando a palavra, assim como o projeto de vcs..!!! Preciso confessar que meu coração a cada dia está morrendo pelos meu projetos pessoais, pelo lugar onde nasci e me criei… Sinceramente não seu o que será de mim…rs!! Hj voltei a trabalhar e me senti o dia inteiro como se eu não prestasse para gerencia a empresa mais…. como se tudo não tivesse valor…. Não sei o que está acontecendo comigo…. ao almoçar, jantar… mesmo que seja um lanche após um culto, não consigo não orar e chorar por vcs…. Peço que orem por mim….!!! Amo vcs e quero voltar para arregaçar as mangas da camisa para juntar tesouro no céu ao lado de vcs..!!

    Deus con bos!

    Lourismar (Lorys) 00 55 98 88111713

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: